Semana positiva para a grande maioria dos índices mundiais

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

Índices Mundiais – Variação em 2012 (até 15/06)

Na última semana, apenas 13 dentre os 72 índices acompanhados pela Direto aos Pontos, apresentaram variação negativa. O índice israelense “TA 25 da Bolsa de Tel-Aviv” registrou a maior baixa com –3,66%, seguidos pelos índices ICEX e IGBVL da Islândia e Peru, com –1,54%, OMX da Finlândia com –1,53%, PSE da Filipinas com –1,27% e o colombiano IGBC, com –1,09%.

No lado positivo, o índice grego ATG da Bolsa de Atenas registrou alta de +13,71%, seguido dos +4,29% do RTS da Rússia, +3,95% do Hang Seng de Hong Kong, +3,43% do tailandês Thailand Set, +3,39 do Merval argentino, +3,15% do polonês WIG e o Ibovespa com +3,08%.

Nos Estados Unidos, todos os índices acompanhados subiram. O maior destaque, com +2,62% de valorização, ficou com um dos três índices setoriais da NYSE (New York Stock Exchange), o Índice de Energia, composto por 171 empresas do setor de petróleo e gás, onde a Petrobrás ocupa o 12º maior peso. Em seguida, com +2,58%, o índice das empresas do setor de biotecnologia e depois, outro índice de empresas do setor de petróleo, o Oil Index da Amex, com +2,23%. A Petrobrás é também uma das 13 empresas componentes deste índice, com peso de 3,55%.

 

Dólar ganha fôlego para fazer novas máximas

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

DÓLAR FUTURO – JUL12

Depois de testar e se sustentar acima do suporte em 2,020, a moeda americana reagiu e pode agora romper a faixa de resistências entre 2,050 e 2,070. Com isso, o nível em 2,106 poderá ser atingido e, eventualmente superado, projetará novas máximas para a moeda.

S&P confirma resistência em 1322 pontos e volta a cair

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

S&P500

Atingiu o objetivo do “repique”, em 1322 pontos.

O que podemos esperar agora é uma volta aos níveis de 1305 / 1298 pontos.

Um fechamento abaixo daí ameaçaria bastante o suporte em 1265 pontos.

Ibovespa reage e se aproxima de forte resistência

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

IBOVESPA (Gráfico de 60 min às 13 hs)

O Ibovespa se aproximou do forte nível de resistência em torno dos 54300 / 54500 pontos, e dificilmente deverá avançar além daí.

Um bom sinal de venda seria dado com uma nova perda dos suportes em 53500 e dos 52700 pontos.

S&P deve melhorar, mas sem ir muito longe

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

S&P500

Deve superar alguma resistência em 1296 pontos e seguir melhorando até os 1305, talvez 1322 pontos, não mais que isso.

Valendo o suporte em 1265 pontos.

Ibovespa segue caindo e fazendo novas mínimas

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

IBOVESPA

Com a perda dos 53000 pontos o Ibovespa retomou sua tendência de baixa e deverá seguir caindo, buscando o suporte em 51900 pontos.

Abaixo, o próximo objetivo encontra-se em 50400 / 50200 pontos.

As resistências estão agora em 52700, 53500 e em 54500 pontos, respectivamente.

S&P encontra seu suporte e deve subir hoje

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

S&P500

Deve segurar no suporte em 1265 e repicar para os 1303 / 1322 pontos.

Vamos ver como ficará para amanhã.

Mais uma vez o Ibovespa não consegue sustentar a alta, e volta ameaçar seu suporte em 53000 pontos

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

IBOVESPA

Apesar da perda dos níveis de 54500 / 54000 pontos, o Ibovespa segue se mantendo acima dos 53000 pontos.

Uma eventual perda deste suporte projetaria uma baixa aos níveis de 51900 pontos, primeiramente.

Somente um fechamento acima dos 53800 pontos indicaria uma melhora para o mercado.

Dólar tem sua 5ª sessão seguida de alta

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

DÓLAR FUTURO – JUL12

Fechou ligeiramente acima dos 2,050. Consideramos até a possibilidade de seguir subindo e atingir os níveis próximos aos 2,106, mas acreditamos que a cotação da moeda americana não deve se sustentar acima dos 2,050 por muito tempo, podendo voltar para testar a linha de suporte de curtíssimo prazo que passa em torno dos 1,995, a qualquer momento.

Mês de maio de perdas em todo mundo

Posted on by Sérgio Pequeno in Análises | Leave a comment

Índices Mundiais – variação no mês e em 2012 (até 31/05)

Com exceção dos índices da bolsa do Egito (estável) e da Malásia (+0,64%), houve queda no mês de maio em todos os outros 70 índices acompanhados pela Direto aos Pontos.

As maiores baixas foram registradas na Grécia (Índice ATG), com -24,93% e no Índice RTS a Rússia, com -22,05%. Em seguida, vieram o índice americano das empresas de petróleo e serviços, o “Oil Services Index Philadelphia”, com –14,85%, Portugal (PSI20) com –13,77%, Espanha (Ibex35) com –13,14%, o americano “Energy Index”, das empresas de energia da NYSE, com -12,05%.

Nosso Ibovespa teve a 9ª maior queda da nossa relação, com –11,86%.

O índice americano de serviços de utilidade pública (“setor defensivo”), o “Dow Jones Utilities”, composto por 15 empresas, sendo treze do setor elétrico e duas de distribuição de gás natural, teve a menor queda (-0,53%), seguidos pelos Merval da Argentina (-0,72%), e do Xangai chinês (-1,01%).

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 19 20   Próximo »